Como funciona a lista de espera do Sisu

O que é o SISU? Essa sem a menor dúvida é uma pergunta muito pertinente e que todos aqueles que almejam conquistar a sua aprovação em uma universidade deve não só saber dessa resposta e assim como entender como funciona.

Para entender e saber tudo que é importante sobre o SISU e assim como saber se você encaixa dentro das exigências e se tem chance de participar desse processo basta continuar lendo esse post.

Assim você pode tentar conseguir a sua esperada aprovação na universidade pública com o uso da sua pontuação na prova do Enem! Saiba mais informações abaixo.

SISU – Sistema de Seleção Unificada

A proposta dessa seleção é tentar oferecer o máximo possível de vagas nas universidades brasileiras que são públicas, sem que tenha a necessidade de ser elaborado um vestibular para cada instituição. O SISU além de poupar tempo, tem uma grande vantagens para os cofres públicos, pois assim reduz os gastos oriundos da aplicação das inúmeras provas das mais variadas universidades públicas.

O processo desse programa é completamente automatizado, onde o mesmo utiliza as notas de todos os alunos que fizeram a prova do Enem e se inscreveram no processo, para que assim possa classificar os candidatos inscrições sisu 2020.

A participação no SISU é totalmente gratuita e além isso tem uma vantagem que garante dupla chance para os candidatos, pois a seleção acontece não apenas uma vez por ano e sim duas.
Nesse caso, o aluno vai ter uma chance para alcançar a aprovação no primeiro semestre e outra oportunidade no segundo, ou seja no início e meio do ano.

Como funciona o processo do SISU

O SISU como já foi dito anteriormente, possui um sistema que é 100% informatizado.
Ele tem a função de recuperar todas as notas dos alunos que prestaram o Enem e com isso selecionar aqueles que são os melhores candidatos para uma determinada vaga.
Essa seleção vai de acordo com os seguintes itens:

  • O curso que vai ser selecionado;
  • O turno a ser cursado;
  • A universidade que foi escolhida; e
  • A determinada modalidade que o aluno vai concorrer.

Por isso que é relevante que você preste muita atenção na nota de corte no SISU e compare com a sua nota, levando em conta é claro a sua opção de curso. Saiba que durante o processo as notas de cortes são atualizadas diariamente.

Quem pode fazer parte do SISU

Qualquer indivíduo que tenha se inscrito e feito no ano anterior a prova do Enem e na mesma tenha conseguido obter uma nota na redação que seja maior do que zero, cumpre com todas as exigências para o SISU.

Para essa seleção não tem nenhum limite de idade e nem mesmo de renda para que possa estar se inscrever na seleção e o melhor de tudo é que esse processo é totalmente gratuito para todos, sem nenhuma exceção.

As universidades que são participantes tem a possibilidade de fazer uma exigência de uma determinada nota, a qual será considerada a mínima na seleção entre os alunos do Enem.

E essa nota mínima vai ser para cada curso, onde se não alcançar a mesma, já estará automaticamente eliminado. Nesse caso em questão, essas notas mínimas do SISU de cada curso pode ser verificada por todos os candidatos logo após a sua inscrição.

Vale destacar que as pessoas que já são bolsistas do ProUni, que é outro programa do governo, também tem o direito de se inscrever para a seleção desse sistema. Porém, caso o mesmo seja selecionado terá que optar por apenas um os programas, pois não é permitido acumular dois benefícios.

Essas são algumas informações importantes sobre o SISU, com elas você já sabe exatamente do que trata essa sigla e assim como quem dela pode fazer parte. Fique atento aos prazos e boa sorte com a sua inscrição!

Navigation